Powered by Rock Convert

Também chamados de demonstrações contábeis, os relatórios contábeis estão entre os documentos mais importantes para a administração bem-sucedida de uma empresa.

Por isso, é essencial que sejam redigidos de maneira mais clara possível e sem erros!

Além disso, alguns relatórios contábeis são obrigatórios e devem ser entregues ao final de cada ciclo de 12 meses para manter a situação da empresa regularizada junto ao Fisco!

Para te ajudar com essa tarefa tão importante, preparamos um artigo com dicas de como tornar seus relatórios contábeis mais claros e eficientes e como um bom emissor de notas fiscais pode te ajudar neste processo.

Confira!

Como tornar seus relatórios contábeis mais claros e eficientes

Relatórios contábeis devem ser como espelhos da situação financeira da empresa, contendo em cada linha dados financeiros extremamente descritivos e claros sobre todas as movimentações contábeis realizadas.

Confira abaixo dicas essenciais que podem ajudar na formulação mais eficiente de todos os relatórios contábeis da sua empresa.

1. Elabore um plano de contas

Você já se perguntou quanto sua empresa gasta por mês com energia elétrica? Como está a margem de lucro em relação ao faturamento do negócio?

Para responder essas perguntas, e muitas outras perguntas relevantes para a saúde financeira de sua empresa, é fundamental elaborar um plano de contas.

Ele é, de forma resumida, uma lista categorizada de movimentações financeiras da empresa, classificando cada um dos dados em: Ativo, Passivo, Receitas e Despesas.

O plano de contas também será a base para os seus relatórios contábeis, obrigatórios ou não.

Assim, para atender à demanda externa e obrigatória de demonstrações contábeis, é preciso estruturá-lo de maneira organizada, levando em consideração os princípios expressos na Lei 6.404/76 (chamada “Lei das S/A”). 

A mesma rigidez não é necessária quando estiver elaborando um plano de contas para relatórios internos, mas é sempre importante que os dados estejam atualizados, hierarquizados e devidamente distribuídos.

Outra dor de cabeça para muitas empresas é gerenciar os arquivos XML das notas fiscais eletrônicas. Aprenda a fazer isso de um jeito mais fácil neste artigo do Blog!

2. Estabeleça periodicidade para relatórios contábeis internos

Você já sabe que relatórios contábeis obrigatórios precisam ser entregues ao Fisco e outros órgãos reguladores ao final de cada ciclo de 12 meses de operação de uma empresa.

Contudo, os relatórios contábeis internos periódicos podem ser realizados com maior frequência, garantindo um maior controle sobre a saúde financeira do negócio.

Qual a vantagem de fazer relatórios contábeis mais frequentemente?

Basta pensar que, ao formular esses documentos, você está diante de muito mais do que apenas linhas de números: estes são os resultados da sua empresa que, ao serem interpretados por um contador, podem ser traduzidos como:

  • Onde a empresa perdeu dinheiro?
  • Quais foram as ações bem-sucedidas?
  • O que pode ser feito no futuro para garantir melhores resultados?

Com que periodicidade realizar relatórios contábeis?

Não existe uma receita fechada para uma periodicidade perfeita: isto dependerá da necessidade da sua empresa. Relatórios Contábeis podem ser mensais, trimestrais, semestrais, por exemplo.

Porém, pode-se garantir uma coisa: quanto mais frequentemente são realizadas, mais ajuda as demonstrações contábeis podem fornecer para a sua empresa. 

Além disso, ao final do ano, na hora de elaborar os documentos obrigatórios, a correria e possibilidade de erros é sempre menor para empresas que mantiveram uma boa periodicidade durante o correr do ano.

Você sabe o que pode acontecer quando o certificado digital de sua empresa vence? Descubra acessando este artigo!

3. Conheça os diferentes tipos de relatórios contábeis

Conhecer os principais relatórios contábeis é importante para garantir que eles atendam todos os critérios obrigatórios.

Powered by Rock Convert

Dentre os mais importantes e conhecidos, podemos citar:

  • Balanço Patrimonial (BP).
  • Demonstração de Lucros ou Prejuízos Acumulados (DLPA).
  • Demonstrativo de Resultado de Exercício (DRE).

Um outro ponto importante sobre os exemplos citados é que fazem parte do grupo de relatórios contábeis obrigatórios, que devem ser submetidos ao Ministério da Fazenda, Receita Federal e outros órgãos reguladores.

O Relatório do Fluxo de Caixa entra nesta lista e permite o controle eficiente de entradas e saídas de capital da sua empresa.

Todo empresário precisa conhecer alguns termos contábeis que são essenciais no dia a dia do seu negócio. Conheça os principais neste artigo!

4. Tenha um contador ao seu lado 

A elaboração de relatórios contábeis pode ser desafiadora para quem não tem experiência com os princípios da contabilidade e regras de tributação.

Assim, para otimizar o tempo e diminuir a possibilidade de erros (que são pouco tolerados pelo Fisco), a presença de um contador na sua empresa pode ser primordial.

E fique ligado!

A ajuda deste profissional pode ir muito além do cumprimento das obrigações fiscais. Ele também poderá redigir e interpretar os dados dos relatórios contábeis, propondo soluções para sua empresa.

Apesar de ser frequente no dia a dia da empresa, a emissão de notas fiscais ainda gera dúvidas e dores de cabeça. Conheça os 8 maiores erros e aprenda a evitá-los!

5. Cuidado com erros

Em relatórios contábeis, pequenos erros podem gerar grandes mal-entendidos e até serem compreendidos como uma tentativa de sonegação de impostos. Ninguém quer correr este risco, não é mesmo?

Por isso, é essencial investir em segurança e automatização de rotinas!

Mesmo com a ajuda de um contador, erros com cálculos e até inserção de informações podem ocorrer, especialmente em negócios que não contam com automação e modernização das rotinas contábeis da empresa.

As notas fiscais, por exemplo, são um dos documentos mais importantes para uma empresa e as que possuem o maior risco de serem esquecidas ou perdidas: basta pensar na quantidade de NFe que se emitem em uma semana, mês ou ano!

Conheça os 5 erros mais comuns em relatórios contábeis e aprenda a evitá-los!

Como evitar erros com a automação de rotinas? 

Agora que você já sabe como tornar seus relatórios contábeis mais claros e eficientes, saiba que, com a DIGISAN, você reduz a margem de erro do seu negócio a praticamente zero!

Afinal, o software de emissão de notas fiscais armazena todos os arquivos em nuvem criptografada e online, podendo ser consultados a qualquer momento por você e seus colaboradores.

Além disso, com o emissor da DIGISAN você não precisa se preocupar com cálculos errados, já que o sistema realiza todos eles automaticamente. Você só precisa fornecer algumas informações básicas.

Conte com o melhor emissor do mercado para gerar e armazenar suas notas, além de enviar arquivos XML de forma automática, ágil e segura.

A DIGISAN é referência em soluções tecnológicas, oferecendo diversos serviços, como certificação digital, emissor de notas fiscais, parcerias com contadores, entre outros.

Veja como emitir NF-e e NFC-e de forma ilimitada e barata, em até 2 minutos. Clique no link abaixo e solicite seu teste gratuito de 7 dias!

QUERO MEU TESTE GRATUITO DO EMISSOR DIGISAN

Veja também:

10 vantagens da DIGISAN para emissão de NF-e

Categorias: Gestão Contábil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Faça o download deste conteúdo ao final do post.