Powered by Rock Convert

Você sabe o que é NCM? Essa informação se tornou um dos vários dados fundamentais para a compra e a venda de produtos. Com ela, empresas conseguem importar e exportar mercadorias facilmente, evitando erros e problemas na coleta de tributos.

Quer saber mais sobre o que é NCM e qual a sua importância? Então veja o post abaixo!

O que é NCM?

A Nomenclatura Comum do Mercosul é um conjunto de códigos criado em 1991 por um grupo de países da América do Sul. Ela teve como base o Sistema Harmonizado de Designação e de Codificação de Mercadorias (sistema SH) utilizado internacionalmente.

A criação da NCM teve como objetivo padronizar os códigos utilizados para classificar produtos no ambiente corporativo. Ou seja, a Nomenclatura Comum do Mercosul definiu um único modo para empresas registrarem as suas mercadorias em documentos fiscais.

Qual a sua importância?

A NCM trouxe uma grande melhoria para os processos de compra e venda de produtos no mercado externo. Por ser comum a todos os países que fazem parte do Mercosul, as rotinas administrativas, financeiras e de fiscalização passaram a ter um maior nível de precisão e agilidade.

A fiscalização nas fronteiras, por exemplo, teve o tempo reduzido. Fiscais da Receita Federal conseguem identificar os produtos com muito mais agilidade e, assim, evitar atrasos na entrega de mercadorias.

Para as empresas, a emissão de notas fiscais se tornou mais simples. Há um código comum para classificar cada mercadoria e que é aceito internacionalmente. Assim, as chances de um problema ocorrer na venda de um produto são reduzidas.

Como essa codificação está estruturada?

Para saber o que é NCM, é importante conhecer as suas bases. Cada código é composto por 8 números. Os seis primeiros são semelhantes ao do sistema SH, enquanto os dois últimos foram criados conforme as necessidades do Mercosul. Eles definem:

  • o capítulo: os dois primeiros dígitos informam as características do produto;
  • a posição: o terceiro e o quarto dígito estão relacionados ao desdobramento da característica do produto;
  • a subposição: o quinto e o sexto dígito dão mais detalhes sobre o tipo de carga;
  • o item: o sétimo dígito faz a classificação do produto;
  • o subitem: o último dígito relaciona a classificação e a descrição da mercadoria.

Qual a relação da NCM com as notas fiscais?

A NCM deve ser inserida nas notas fiscais da empresa. Portanto, a ferramenta utilizada para emitir esse documento tem uma importância fundamental.

Um sistema de gerenciamento e emissão de NF deve ser capaz de armazenar, classificar e inserir a NCM dos produtos automaticamente em cada nota fiscal emitida pela empresa. Dessa forma, o negócio consegue manter uma rotina tributária e financeira mais organizada, automatizada e livre de erros.

Saber o que é NCM é um dos vários passos que o profissional deve tomar para melhorar as suas rotinas administrativas. Esse código é exigido na comercialização de produtos pelo Mercosul e auxilia empresas a terem uma rotina mais padronizada e livre de erros. Assim, a sua adoção deve ser vista sempre como um modo de melhorar os fluxos de trabalho internos e garantir mais qualidade para os serviços do negócio.

A sua empresa tem códigos personalizados para descrever categorias de produtos? Conte pra gente!

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert

Renan Mesquita

Resolvedor de qualquer problema da DIGISAN. Entusiasta de Marketing Digital, Experiência do Usuário e por transformar positivamente a vida do micro, pequeno e médio empresário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Faça o download deste conteúdo ao final do post.