Powered by Rock Convert

Com a pandemia da Covid-19, várias empresas fecharam temporariamente suas portas como medida de contenção ao novo coronavírus. O reflexo disso é uma queda de faturamento que vem tirando o sono de muitos empresários, especialmente os pequenos e médios. E o questionamento geral é como reverter essa situação enquanto o país atravessa um momento de tanta instabilidade econômica.

Como no ditado que diz que “enquanto uns choram, outros vendem lenços”, a inovação é o segredo não só para se manter em atividade como para aumentar as vendas na crise. Reduzir custos, claro, é importante, mas a capacidade de se reinventar e encontrar soluções criativas para os problemas que surgiram com esse novo cenário de pandemia pode ser a diferença entre quem vai fechar às portas e quem vai sobreviver à crise atual.

Infelizmente, não existe uma receita pronta que garanta a retomada do crescimento, mas, como vamos mostrar neste artigo, algumas estratégias podem ajudar a alavancar suas vendas. Acompanhe as dicas, avalie as possibilidades e discuta com sua equipe alguns insights valiosos para superar as dificuldades. 

 

Planeje novas ações para o cenário de crise

Como em qualquer projeto de sucesso, tudo começa pelo planejamento. Antes de tomar qualquer decisão, avalie a situação atual da empresa, conheça seus custos e verifique onde é possível melhorar. Use a criatividade para pensar em novas alternativas de receita, mudar hábitos e rotinas que não funcionam mais no contexto da pandemia e, então, prepare-se para tirar as ideias do papel.

Além dos aspectos internos, esteja atento ao que acontece do lado de fora de sua empresa. Monitorar ações e resultados da concorrência e informar-se sobre o cenário político e econômico vão lhe dar dados mais precisos e confiáveis para estabelecer suas ações.

 E, claro, esteja pronto para inovar! Pensar “fora da caixa” nunca foi tão importante para garantir o faturamento das empresas. Estamos vivendo uma situação ímpar e isso exige soluções igualmente diferenciadas.

Esteja aberto a mudanças e incentive sua equipe a sugerir novas ideias para lidar com os problemas. Repensar processos, testar novas tecnologias e implantar um e-commerce podiam até estar fora de seus planos, mas agora surgem como excelentes opções para movimentar os negócios.

Avalie as opções e não esqueça de garantir condições adequadas para que funcionem bem. Se a ideia é abrir um e-commerce, por exemplo, é fundamental ter um sistema de NF-e que agilize a gestão de notas e envio ao contador, possibilitando um controle fiscal eficiente e seguro.

 

Direto ao ponto: dicas para aumentar as vendas durante a crise

 

Adapte-se para delivery e e-commerce

Vender seus produtos on-line pode lhe garantir uma fatia de mercado importante para os negócios. De acordo com a Confederação Nacional do Comércio (CNC), somente em junho deste ano, as vendas em lojas físicas caíram 20%, enquanto as feitas pela Internet aumentaram 40%, o que deixa clara a preferência do consumidor pelo comércio eletrônico.

E se, além de vender on-line, sua loja também entregar o produto na casa do comprador, mais um ponto para você. O serviço de delivery pode ser adaptado para diversos segmentos e, em tempos de quarentena, oferecer a entrega em domicílio tem sido um diferencial importante para muitos clientes.

 

Invista em promoções

Quem não adora uma boa liquidação? E, em épocas de crise, quando todos estão valorizando ainda mais seu dinheiro, ter um preço atrativo é a chave para conquistar muitos compradores.

Você pode, por exemplo, colocar em promoção mercadorias que estão paradas no estoque. Mesmo que a margem de lucro seja menor, é possível obter receita sem gerar custos de produção, pois os produtos já foram fabricados.

 

Busque clientes novos e mantenha os antigos

Criar um plano de prospecção é uma boa forma de conquistar novos clientes adequados ao perfil de sua empresa. Assim, seu investimento é mais certeiro, pois você atrai quem realmente está interessado em seus produtos e, portanto, tem mais chances de aumentar as vendas na crise.

Por outro lado, o custo para manter clientes antigos é menor do que o custo de aquisição de novos compradores, então, nada de esquecê-los no passado. Mantenha contato, ofereça vantagens e fique atento ao histórico de compras, pois assim você pode conhecer seus desejos e necessidades.

Oferecer brindes também é uma boa dica para atrair compradores. Cupons de desconto e cartões-presente, por exemplo, incentivam o cliente a voltar à sua loja para usar o bônus e funcionam muito bem para fidelização.

 

Crie ou reforce estratégias de marketing digital

Trocar a marca de sempre pelo concorrente com preço mais em conta é uma prática comum entre consumidores em tempos de crise. Por isso, é importante investir na divulgação de sua empresa e nos diferenciais de seus produtos como forma de manter seus clientes fiéis e atrair novos.

Hoje em dia, o marketing está muito focado no digital, onde também estão os consumidores, por isso, inove em suas propagandas e invista em estratégias voltadas para esse meio. Landing pages e blogs com conteúdos de qualidade, algumas vezes, funcionam melhor do que anúncios. As redes sociais também têm um papel importante para a visibilidade de sua marca e para conversar de forma mais efetiva com seu público.

Com uma presença forte on-line, sua empresa cria uma relação de confiança com o consumidor, o que pode ser um fator decisivo na decisão de compra.

 

Ofereça capacitação e prêmios

Até aqui, falamos de como atrair compradores, mas o que acontece da porta para dentro de sua empresa também é essencial para gerar bons negócios. Por isso, investir em sua equipe não deve ser visto como secundário, uma vez que o vendedor é o responsável por encantar seu cliente e conduzi-lo durante a jornada de compra.

Capacitar seus colaboradores e estimular seu desenvolvimento profissional, além de resultar em um melhor atendimento, fazem com que se sintam mais motivados e, consequentemente, mais produtivos.

Outro estímulo eficiente é a criação de metas e recompensas. Incentivar uma competitividade saudável, promovendo um clima de bom relacionamento entre os vendedores, também pode refletir na produtividade e no aumento das vendas, trazendo resultados bastante positivos.

 

Como você viu neste artigo, mesmo que seja um desafio, é possível aumentar as vendas na crise. Com jogo de cintura, motivação e mente aberta para inovações, você pode driblar as dificuldades e reorganizar sua empresa para este novo cenário.

Para essas mudanças, no entanto, é importante ter uma boa estrutura administrativa e financeira, de forma a garantir respostas mais rápidas, precisas e adequadas ao contexto atual. 

Um emissor de notas fiscais eficiente é um bom aliado nesse processo e a DIGISAN oferece soluções seguras e simplificadas para lhe ajudar a tomar suas decisões com mais confiança e tranquilidade. Entre em contato e faça um teste grátis com a DIGISAN.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Faça o download deste conteúdo ao final do post.