Você sabe o que é o DRE? A sigla para Demonstração do Resultado do Exercício é um documento comum para quem trabalha com a contabilidade de empresas. Porém, ela pode ser um mistério para donos de pequenas e médias empresas que realizam sozinhos a gestão do negócio.

Se esse é o seu caso, confira no post abaixo o que é o DRE e qual a sua importância para as rotinas administrativas do negócio!

O que é o DRE?

O DRE é uma demonstração contábil. Ela possui todos os dados sobre a posição patrimonial da companhia, a sua situação financeira e o desempenho que o empreendimento teve nos últimos meses.

Esse documento é criado para dar uma visualização abrangente, clara e precisa sobre a situação financeira do negócio. Ou seja, ele possui uma descrição sobre todo o fluxo de caixa da companhia, com índices de vendas, prejuízos e tributos pagos. Assim, o gestor pode identificar com precisão como foram as variações de tributos pagos, receitas, provisões apuradas e despesas durante o ano fiscal.

Como ocorre a apresentação do DRE?

A DRE pode ser feita mensalmente (para fins administrativos), trimestralmente (para acompanhamento dos gastos fiscais) e anualmente. Porém, para todos os cenários, é necessário seguir uma estrutura, que passa pelos seguintes pontos:

  • os valores da receita bruta do negócio relacionados à venda de produtos e serviços;
  • as deduções e impostos incidentes sobre as operações de venda de mercadorias;
  • a receita líquida durante o período apurado pela DRE.

A receita líquida possui um cálculo específico. Primeiro, ela é apresentada subtraindo os custos dos produtos que foram vendidos, o que permite averiguar o resultado operacional bruto.

Powered by Rock Convert

A partir desse valor, a companhia deve subtrair as despesas incorridas no período, como os impostos. Isso permite verificar a receita antes da participação dos lucros ser distribuída, que é calculada com base no valor do resultado líquido menos o prejuízo que foi acumulado em períodos anteriores.

Qual a sua importância para PMEs?

A Demonstração do Resultado do Exercício dá aos profissionais uma visão completa sobre a situação financeira da companhia. De dados básicos aos mais complexos sobre os fatores que influenciaram nos lucros do negócio (ou os prejuízos após um período fiscal), tudo será listado de modo claro e objetivo.

Em outras palavras, esse documento demonstra toda a situação financeira do negócio. Justamente por isso ele é uma peça crítica da gestão financeira da companhia. Com ele, processos de coleta de tributos, a fiscalização da Receita e a prestação de contas se tornam mais simples, precisos e confiáveis.

importancia-da-contabilidade-para-o-mei

As rotinas fiscais de uma empresa passam por vários passos. Conhecer cada um deles, ainda que o gestor não execute todos os processos, é algo crucial.

Saber o que é o DRE, por exemplo, permite que o líder empresarial possa identificar melhor como está a situação da companhia. Assim, as decisões se tornam melhor estruturadas e o planejamento terá mais capacidade de criar bons resultados a médio e longo prazo.

Você sabia que microempreendedores podem utilizar certificados digitais para emitir notas fiscais? Saiba quando isso ocorre em nosso blog!


Renan Mesquita

Analista de Marketing e Designer de Experiência do Usuário, aqui na Digisan sou responsável por trazer um conteúdo de qualidade para os nossos leitores e por desenhar uma experiência UAU para os nossos clientes ao consumirem o nosso produto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *